acorda.!

amo a noite, amo o sol.

pôr-do-sol, nascer-do-sol: infinitos

acalmar, respirar, olhar o sol, ele sobe

ele é tranquilo, inevitável, portador do destino, o meu, o teu, o nosso: a vida

sem tempo.

a tranquilidade instala-se enquanto ele sobe, os olhos abrem, os olhos fecham

há-que parar. escrever, pensar, escrever. não dormir.

há-que parar, fechar os olhos, respirar.

sem tempo.

sem medo, o mundo é meu.

respirar.

quem me dera não dormir

tranquilo para um novo dia, novo destino.

começa o combate? não é fácil, pode ser fácil…

ouvem-se os carros, as motas, os vidros, o ruído indefinido: a cidade acordou. viva o sol

 

“abriste a janela e voaste”.

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: